quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

O que fazer quando me sinto culpado/pecador?

   


  O que fazer quando levo meus pensamentos a um patamar de auto julgamento negativo e intensa culpa? Será que o fato de me martirizar tornará o que eu fiz em algo menos pior? Ou é uma forma de castigar a mim mesmo?
     Você é um ser muito amado e querido pelo universo. Então eu sugiro, agora, que você pare de se culpar e comece a enfrentar os seus erros como pontes para um aprendizado maior. O pecado, imposto na consciência coletiva pelo cristianismo, envolve a todos em uma neblina de medo e terror. Fazendo com que qualquer deslize ou erro cometido faça você se sentir não digno do amor de Deus mas sim merecedor de punição, dor e sofrimento.
    Gostaria de te convidar a desconstruir esta ideia. Toda vez que você fizer algo que considera ser errado, não se martirize, não se machuque, não se descabele e não perca o seu dia. Respire fundo vinte vezes e repita as seguintes palavras para si mesmo: "Sinto muito, me perdoe, sou grato(a), eu te amo". Quando você diz ''Sinto muito", você está se sensibilizando com seu "erro" e o aflorando para o seu eu interior o quanto aquele fato te sensibilizou. Quando você diz "me perdoe", você está pedindo desculpas para si mesmo, você se sensibilizou e agora quer seu auto perdão por ter se magoado com a situação. Quando você diz "Sou grato(a)", você está agradecendo pela oportunidade de reconhecer sua sensibilidade/fragilidades e ter o poder de perdoar. Está agradecendo também pela experiência adquirida através do fato e mais grato ainda por saber que na próxima ocasião você poderá fazer diferente pois terá aprendido. E por fim, quando você diz "Eu te amo", você está selando a cura que acabara de ser feita com a linguagem universal que é o amor. O amor é a chave e a cura de todos os problemas. Teria como fechar melhor? 
    Este é um processo havaiano e é conhecido como Ho'oponopono. É uma técnica de cura que promove o auto perdão e a limpeza mental. Pode ser usado sempre que você precisar se perdoar.
     Inspire, expire, deixe partir... A vida lhe foi dada para você ser uma pessoa feliz e equilibrada por completo, não cheia de culpa e amarguras.

Desculpem minha ausência. A faculdade têm me deixado sem tempo, mas aos poucos, irei deixando meus insights por aqui :)

Paz e luz.

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Você se considera abençoado ou vítima do Universo?

  
O que você se considera? Vítima do Universo, sofredor, aquele a qual tudo dá errado ou abençoado e privilegiado por ter a oportunidade de viver e aprender?
   O vitimismo, sem dúvidas, nos põe em um patamar inferior onde procuramos o tempo inteiro por um culpado. É até compreensível, visto que estamos sempre passando por provas e expiações, momentos que nos tiram da zona de conforto e nos colocam de frente com pessoas, situações, afazeres e lugares a qual nós não gostaríamos de estar. Contudo, cabe a nós mesmos classificar estes momentos de DES-conforto como exercícios para desenvolver nossas virtudes como a paciência, compreensão e estabilidade emocional ou, pelo contrário, enxergarmos como um castigo sádico do universo.
   A vida não nos foi dada para sermos perdedores. Cada coisa que acontece possui por trás um propósito maior que de primeiro contato você não vai perceber mas futuramente fará muita diferença. Eu sempre disse e continuo dizendo "Mar calmo não faz bom marinheiro". Se você tem como meta ser uma pessoa mais forte espiritualmente pare agora de se colocar como vítima da vida.
Quando você se coloca como vítima, uma grande energia é desperdiçada. A energia que seria gasta para agradecer e abençoar é desprendida em lástimas e tentativas errôneas de encontrar um culpado.
Não existe um culpado. Ninguém é culpado. O Universo nos abençoa o tempo inteiro através de experiências, às vezes nem tão legais assim, que têm como propósito fortalecer nossas estruturas. Cada obstáculo vencido é um patamar a mais na nossa evolução espiritual.
   Exercite mais sua gratidão. O universo retribui aquilo que você transmite. Se você transmitir gratidão você será inundado por gratidão, se transmitir vitimismo o mundo continuará te fazendo de vítima. Escolha qual lado você deseja ficar. Vítima ou privilegiado? Pense nisso.

Tenham um feliz Samhain para quem roda pelo norte
e um feliz Beltane para quem roda pelo sul.

Flor de Liz

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Você costuma refletir sobre sua forma de viver ou simplesmente vive?



Você sabe aonde seus passos o conduzirão ou simplesmente caminha? Decide, conscientemente, a direção que toma ou apenas segue à frente, de maneira quase automática? Reflete bem sobre o que pensa e diz, ou solta as palavras como uma metralhadora que dispara projéteis? Pondera, antes de agir, sobre os efeitos que surgirão de suas atitudes ou prefere reclamar dos resultados infelizes só depois que surgem?
Considere que cada escolha feita terá suas conseqüências correspondentes, desencadeando uma sucessão de fatos sem fim. Por tudo isso, reflita sobre o seu viver. Volte seu olhar para dentro de si próprio e analise a sua vida, seu modo de ser, suas decisões, os sentimentos que molduram seu caráter, suas reações, seus anseios, seus sonhos. Reflita sobre si. Sobre quem é você, de onde veio e para onde vai. Por que se encontra onde está, com as pessoas que o rodeiam, vivendo as situações que vive.
Reflita sobre si mesmo.
Pense em como seria se você fosse um pouco diferente do que é. Imagine se fosse um pouco melhor do que é, um tanto mais amável, mais amigo, menos impulsivo, menos reativo às vicissitudes da vida. Reflita e pense sobre como seria e como pode ser.
Como será o seu viver, se experimentar um jeito novo de sentir aquele sentimento desagradável que lhe acomete?
Como seria se ao invés de responder da maneira abrupta que lhe é comum, se esforçasse para responder com mais suavidade?
Como seria se durante um dia inteiro não emitisse uma única reclamação, mesmo que os pensamentos lhe viessem à mente?
Como seria atender a tudo que lhe solicitam sem azedume ou sem rabugice?
Como seria se você fosse uma versão melhorada, repaginada de você mesmo, um sósia mais amoroso, mais terno?
Talvez se você se permitisse executar todos esses procedimentos, na ordem que foram sugeridos, se surpreenderia ao ver que é capaz de ser o que imaginou, porque sabe que é capaz de ser melhor. Sabe que é possível mudar. Remova de si mesmo e da sua indolência todas as amarras que o prendem ao passado, ao que foi, ao que é. Dê a si próprio a chance de mudar as coisas, de tomar as rédeas da sua vida, de decidir as metas a serem alcançadas e obrigar-se a chegar ao objetivo que escolheu.
Nada o impede.
Nem Deus, nem o mundo, nem os outros.
É você que se mantém onde está, por comodismo.
Confie em si mesmo e verá descortinar outro amanhã, mais auspicioso. Com certeza se sentirá bem melhor do que se sente e muito mais próximo de Deus.
 
Pense nisso, e jamais deixe de refletir sobre o seu viver!
Ouça seu interior e ajuste seus passos na direção da grande luz.

 Mensagem do Espírito Emengarda, psicografada por Marie-Chantal Doufour Eisenbach

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Técnica de meditação para fortalecer o sistema imunológico


Quando você não tiver o que fazer por alguns minutos, "inunde" o seu corpo com a consciência. É um excelente exercício para fazer à noite antes de dormir e assim que acordar de manhã, antes mesmo de se levantar. Feche os olhos. Deite-se de costas. Escolha partes diferentes do corpo para dirigir a sua atenção por alguns momentos, como mãos, pés, braços, pernas, abdômen, peito, cabeça, etc. Sinta o campo de energia dessas partes tão intensamente quanto puder. Detenha-se mais ou menos por 15 segundos em cada ponto. Deixe sua atenção percorrer o corpo, como uma onda, dos pés a cabeça e da cabeça aos pés. Leva apenas cerca de um minuto. Depois disso, sinta seu corpo em sua totalidade, como um campo de energia único. Mantenha essa sensação por alguns segundos. Esteja intensamente presente em cada célula do seu corpo durante esse tempo. Não se preocupe se a mente, ocasionalmente, conseguir desviar a sua atenção para fora do corpo e se você se perder em algum pensamento. Assim que você perceber que isso aconteceu, retorne sua atenção para seu corpo interior.

Essa meditação pode ser encontrada no livro "O Poder do Agora" Pág 91-92
De Ekhart Tolle.
Segundo o autor, ela pode ser usada sempre que você sentir necessidade de reforçar o seu sistema imunológico. Sabe quando surge aquele sinal de gripe?
Funciona, em especial, nesses casos. Faça essa meditação em intervalos curtos e com uma concentração intensa.
Eu faço e aprovo, associe com chás de gengibre e limão.
Essa técnica, além de fortalecer o seu sistema imunológico, irá neutralizar qualquer ruptura do seu campo energético causado por alguma negatividade.
Como estresse cotidiano, raiva, frustração e etc. São só benefícios!
Façam e venham aqui nos comentários relatar :)


sexta-feira, 2 de setembro de 2016

O que fazer quando me sinto incapaz?



Todos os dias somos acometidos, mesmo que indiretamente, pelo desânimo, fadiga e até mesmo uma depressão que nos insiste em dizer que não somos capazes. Nós, ignorantes da nossa condição de poder, escutamos nossas tristezas impostas pela mente e a seguimos.
Assim ficamos desanimados e sem coragem para executar nossas tarefas, nos sentindo inferiores e inválidos.
Pois bem, eu assim como qualquer outro ser humano tenho dias assim também, mas com o seguinte exercício mental, consigo sair desta zona de angústia e seguir levemente o meu dia.
Quando estes pensamentos de tristeza e inferioridade inundarem sua mente, pense o oposto! Não aja como se você fosse seus pensamentos. Crie na sua tela mental tudo aquilo que você faria caso NÃO estivesse naquela situação. O que você faria se não estivesse deprimido? Continuaria deitado na cama, tendo pensamentos mórbidos? Aposto que não. Trace uma rotina de tudo o que você faria caso estivesse feliz e execute-a.
Por exemplo, em dias tristes, ficamos melancólicos e tendemos a nos isolar e não fazer nada. Enquanto que em dias felizes acordamos dispostos, damos bom dia ao dia, executamos nossas tarefas saudavelmente e deixamos os pensamentos ruins de lado.
Está se sentindo mal? O que você faria caso estivesse muito feliz, neste exato momento? Tomaria um banho ouvindo sua música favorita? Cozinharia? Faria exercícios? Não importa a atividade, execute-a!
O difícil é sair da inércia do sofrimento, após conseguir fica fácil executar suas atividades. Você é especial e capaz! Não deixe que pensamentos malignos ditem sua vida. Tome o controle rapidamente antes que controlem você.


Tenham um lindo dia!

Não deixe que o mal estar psicológico domine sua vida. Caso seja um quadro de  depressão, sugiro um tratamento médico urgente, tendo como complemento esta atividade mental diária.


sábado, 20 de agosto de 2016

Mulheres conscientes



Mulheres fortes e conscientes não disputam espaços, praticam ajuda mútua, pois sabem-se fortes na União!
Cuidam e zelam umas pelas outras.
Acolhem as dores e os medos!
Estendem as mãos para auxílio!
Oferecem o colo e o abraço!
Amam-se pelo que são.
Praticam a sororidade nos detalhes.
Falam com delicadeza umas com as outras!
Acariciam os cabelos e os trançam, prendendo as tristezas!
Sorriem e se cumprimentam, nutrem de amor seus corações e úteros!
Praticam a cura, não a doença!
Mulheres conscientes são belas, são feras....são rubro sangue, e honram suas águas, plantam suas luas... florescem juntas no jardim da vida!

Rose Kareemi Ponce

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Prazer é diferente de Felicidade



O prazer é sempre derivado de algo fora de você, ao passo que a alegria surge de dentro.O passado não tem poder sobre o momento presente. Você não pode encontrar-se, indo para o passado. Você pode encontrar a si mesmo, vindo para o presente.
Perceba profundamente que o momento presente é tudo que você tem. Faça AGORA o foco principal da sua vida.Conhecer a si mesmo como a consciência por trás da voz é a liberdade.

Ekhart Tolle

O prazer é diferente da felicidade vinda da essência. O prazer é momentâneo e logo se transforma em sofrimento. Enquanto que a felicidade interna é duradoura. Para se conquistar a felicidade interior, é preciso esforço e disciplina para se manter no momento presente. O passado não existe e o futuro muito menos. O que existe é o aqui e agora.

Tenham um lindo e iluminado dia.
Me perdoem pela ausência.

Flor de Liz